Apaixonada pela ideia

"Quero você, quero que me ame, e me faça te amar como nunca amei ninguém. Quero poder andar do seu lado no carro, como a Summer e Tom fazem no filme "(500) Dias com Ela", ouvindo música e sorrindo por nada. Quero poder ser a inspiração de algum trabalho seu, quero ficar parada, olhando, unicamente e por muito tempo, para os seus olhos, tentando enxergar mais do que está ali fisicamente.
Acho que te amo, ou estou apaixonada pela ideia de te amar.
Fantasiando uma relação que não existe, e nem tem chances de existir.
Quero poder tocar suas mãos, quero poder te conhecer profundamente, quero comentar livros e filmes com você, quero sentar do seu lado num banco de praça (de preferência em uma cidade do interior), quero que mexa no meu brinco, quero que compreenda os minutos que fiquei passando rímel, para poder dar aquele efeito, e comente sobre isso.
Quero que seja a multiplicação do que é, sem termos quaisquer intimidades, porque só sua maneira de ser, antes mesmo de sentirmos alguma coisa real um pelo outro, já está me fazendo pensar em você todos os minutos do meu dia"
(Autor desconhecido - vulgo, eu mesma)

Comentários